Dezembro 2017
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
1
2
3
Data : 03/12/2017
4
5
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
Data : 27/12/2017
28
29
30
31
 

 

 

Em 25 de setembro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que a Nigéria ficou livre da pólio e foi oficialmente retirada da lista de países onde a doença é endêmica. Esta conquista foi alcançada depois de 14 meses sem que o país detectasse nenhum caso de paralisia infantil causado por vírus selvagem em seu território. A pólio agora persiste somente no Afeganistão e no Paquistão, nações que jamais conseguiram interromper a propagação do vírus.

A Nigéria era o último país africano onde a poliomielite era endêmica. Em 11 de agosto, o continente celebrou seu primeiro ano sem nenhum caso de paralisia infantil. Para ser certificada como livre da doença a região africana, conforme definida pela OMS, tem que passar três anos sem casos de pólio.

“Parabenizamos a Nigéria pela grande conquista”, disse o presidente do RI, K.R. Ravindran. “Em nome da Iniciativa Global de Erradicação da Pólio, agradeço os voluntários, agentes de saúde, pais e mães das comunidades nigerianas por seu comprometimento inabalável, assegurando que todas as suas crianças ficassem protegidas desta doença devastadora. Nos próximos meses, a dedicação demonstrada por todos deverá continuar para mantermos o país sem pólio e para eliminarmos a paralisia infantil dos seus dois últimos redutos: Paquistão e Afeganistão.”

O sucesso nigeriano resulta da combinação de trabalhos sustentáveis, como apoio financeiro nacional e internacional, atuação de milhares de agentes de saúde e uso de novas estratégias que possibilitaram imunizar crianças que, anteriormente, não eram vacinadas devido à falta de segurança no norte do país.

VÍRUS SELVAGEM TIPO 2 ELIMINADO PARA SEMPRE

Outra notícia encorajadora foi a confirmação feita em 21 de setembro pela Comissão Global para a Certificação de Erradicação da Poliomielite, um grupo independente, de que o vírus tipo 2 está erradicado mundialmente. Embora o último caso de vírus do tipo 2 tenha sido detectado em 1999, a confirmação é um marco importantíssimo, pois, junto com nossos parceiros na Iniciativa Global de Erradicação a Pólio, estamos nos preparando para utilizar uma estratégia diferente de vacinação, passando de uma vacina que ataca todos os tipos da pólio para uma que não protege contra o vírus selvagem tipo 2.

O anúncio feito pela referida Comissão enfatiza que restam só dois tipos de vírus selvagem da pólio. O tipo 3 não tem sido detectado há quase três anos e o tipo 1 é endêmico somente no Afeganistão e no Paquistão.

PRECISAMOS DE MAIS FUNDOS PARA ATINGIRMOS NOSSA META

Em 25 de setembro, o Conselho de Vigilância da Pólio se reuniu para determinar os próximos passos para erradicar a poliomielite. O grupo chegou à conclusão de que é preciso mais US$1,5 bilhão para que o Rotary e seus parceiros eliminem a paralisia infantil nos próximos anos. Com a Nigéria finalmente livre da doença, as verbas serão destinadas para o Afeganistão e o Paquistão, e para continuar protegendo milhões de crianças de países já livres da pólio.

“Com um programa totalmente financiado, e tendo o comprometimento global para acabar com a poliomielite, conseguiremos interromper a transmissão do vírus selvagem no Paquistão e no Afeganistão em 2016, abrindo as portas para a chegada da certificação global de erradicação em 2019”, disse Michael McGovern, presidente da Comissão Internacional Pólio Plus. “Com a dedicação de tantas pessoas, não tenho dúvidas de que, em breve, viveremos em um mundo sem pólio.”